Jornal Simpatia de Caçapava e Região

Rua José Germano, 430 - Residencial Esperança, Caçapava - SP. CEP: 12.285-460

Pet Show

Aves mais comuns da Europa e da América estão desaparecendo

Os últimos dados do desastre acabam de ser publicados na revista Science. Um estudo com dados dos últimos 50 anos sobre a abundância de 529 espécies de aves que sobrevoam os céus da América do Norte (Canadá e EUA) mostra que hoje há quase três bilhões de pássaros a menos que em 1970. A cifra equivale a 29% de toda a avifauna da região. A perda é generalizada em quase todas as famílias, dando-se em quase 60% das espécies. Entre os passerídeos (pardais), alaudídeos (cotovias) e esturnídeos (estorninhos), a extinção chega a 75%. As aves de rapina e as aquáticas estão entre as poucas que ganharam população.

O desaparecimento dos pássaros não é um fenômeno exclusivamente norte-americano. Em 2014, pesquisadores europeus publicaram dados comparativamente similares. Aquele trabalho partia de 1980 e, até 2010, a população de aves européias havia diminuído em 400 milhões de espécimes, de um total estimado em dois bilhões. Além da menor...

Publicação: 09/10/2019 21:18:09 - Leia mais Faça um comentário

Não confio em gente que não gosta de animais

Amar os animais é algo que ocorre sem nos darmos conta, e essa nova troca, essa entrada das pessoas em um novo mundo de emoções gosto das pessoas que descobrem de repente o que é ter um cachorro ou um gato. Admiro quando se rendem aos seus novos companheiros, esses animais de estimação que revolucionam, sem intenção ou sem saber como, o universo

pessoal do dono. Amar os animais é algo que ocorre sem nos darmos conta, e essa nova troca, essa entrada das pessoas em um novo mundo de emoções, jogos, companhia e risadas espontâneas, acaba por criar novos valores e trazer novos descobrimentos internos. Os animais de estimação são algo mais que puramente animais de companhia, eles entram nos nossos corações sem aviso prévio, arrancando sorrisos e também os cantos do sofá, até que um dia deixam de ser animais de estimação para se tornarem parte da família. As pessoas que compreendem e dão valor a sentimentos por animais são especialmente nobres

O...

Publicação: 26/09/2019 19:36:16 - Leia mais Faça um comentário

Aquecimento global X animais polares

Uma região remota da Rússia entrou em estado de emergência por causa da invasão de dezenas de ursos polares. O alerta foi emitido por autoridades do arquipélago de Nova Zembla, onde vivem algumas centenas de pessoas. Há relatos de ursos que atacaram pessoas e invadiram residências e prédios públicos.

Classificados como espécie ameaçada de extinção, esses animais são afetados pelas mudanças climáticas e estão cada vez mais sendo forçados a buscar comida em outros lugares.

Com a redução das calotas polares no oceano Ártico por aquecimento do planeta, essa espécie de urso é forçada a mudar seus hábitos de caça e passar mais tempo em terra procurando comida, o que eleva a possibilidade de conflito com humanos.

Em 2016, cinco cientistas russos ficaram sitiados por semanas numa estação climática remota na Troynoy, a oeste de Nova Zembla, porque um grupo de ursos cercou o local.

A caça de ursos é proibida na Rússia, e a agência...

Publicação: 19/09/2019 18:50:53 - Leia mais Faça um comentário

Brasil tem 3,9 milhões de animais em condição de vulnerabilidade

Segundo o Instituto Pet Brasil (IPB), a população pet no Brasil é de cerca de 140 milhões de animais, entre cães, gatos, peixes, aves e répteis e pequenos mamíferos. A maioria é de cachorros (54,2 milhões) e felinos (23,9 milhões), num total de 78,1 milhões de animais. Desses, 5% são Animais em Condição de Vulnerabilidade, o que representa 3,9 milhões de pets Do total da população ACV, cães representam 69% (2,69 milhões), enquanto os gatos correspondem a 31% (1,21 milhões).

Os ACVs são aqueles que vivem sob tutela das famílias classificadas abaixo da linha de pobreza, ou que vivem nas ruas, mas recebem cuidados de pessoas. Não estão incluídos nesta categoria os animais abandonados, que são aqueles que vivem por um determinado tempo sem um tutor definido.

A maioria desses pets abandonados vivem sob tutela de ONGs são 370, denominadas popularmente como Proteção Animal, ou protetores que assumem a responsabilidade de manter esses animais e...

Publicação: 17/09/2019 08:38:20 - Leia mais Faça um comentário

Austrália quer matar 2 milhões de gatos até 2020

Até 2020, o governo australiano pretende exterminar cerca de 2 milhões de gatos, com veneno, armas de fogo e armadilhas, o objetivo da matança é proteger a vida selvagem endógena. Salsichas com veneno são o último método adotado pelas autoridades australianas para eliminar milhares de gatos selvagens que vagueiam pelo país. Alguns dos caçadores dão preferência a armas com setas, como as bestas ou arco e flecha. Estima-se que são entre dois e seis milhões e embora alguns pertençam a espécies domésticas, vivem em ambiente selvagem, e caçam para sobreviver. No estado de Queensland, há um município a oferecer 10 dólares australianos (cerca de seis euros) por cada escalpe de gato. Uma prática que a associação de defesa dos animais PETA considera cruel.

Segundo uma reportagem do jornal norte-americano “The New Yor Times” (NY), os gatos ocupam cerca de 99% do território australiano e serão responsáveis pela extinção de pelo menos 22 espécies...

Publicação: 05/09/2019 21:46:45 - Leia mais Faça um comentário

Por que vemos tão poucos cães-guias no Brasil?

A falta de incentivo financeiro, carência de voluntários para a socialização do animal e até de treinadores contribuem para esse baixo número. Eles são os olhos, companhia inseparável e dão independência, mas poucos deficientes têm um cão-guia no Brasil. Segundo dados do Censo de 2010, o país tem aproximadamente 6,5 milhões de deficientes visuais e cerca de 200 animais em serviço. Falta de incentivo financeiro, carência de voluntários para a socialização do animal e até de treinadores contribuem para esse baixo número. Os resultados são longas filas de espera em institutos que oferecem o animal.

Para agradecer e lembrar da importância desse peludinho esperto e treinado para ajudar, o Dia Internacional do Cão Guia é comemorado anualmente na última quarta-feira de abril. Além de auxiliar no trajeto, indicar obstáculos e dar mais segurança, eles favorecem a interação, já que muitas pessoas se aproximam para brincar e saber sobre o...

Publicação: 29/08/2019 20:03:41 - Leia mais Faça um comentário

Ao lado das maravilhas do Egito, animais sofrem maus-tratos

Até onde vai a crueldade humana? Essa é uma das questões que sempre nos fazemos ao presenciarmos casos tão esdrúxulos. Dessa vez, são cavalos, camelos e até burros que estão vivendo em situações precárias nas pirâmides de Gizé, no Egito. Todos os dias, eles caminham com peso nas costas por cerca de 20 horas em locais desérticos, sem alimentação própria e sem nenhum tipo de descanso adequado. Infelizmente, a maioria das pessoas não têm nenhum tipo de informação sobre os cavalos, como o fato de ele precisarem de muita grama e feno e não pastilhas de ração e aveia. A realidade é só uma: eles nunca viram um cavalo correndo pela grama livremente.

Uma viagem às lendárias pirâmides deveria ser um dos pontos mais altos das férias no Egito. Porem cada vez mais os turistas voltam para o ônibus turístico, abalados pela cena que testemunhara. No complexo das pirâmides, cavalos desnutridos esforçavam-se para puxar charretes carregadas de turistas...

Publicação: 22/08/2019 19:04:53 - Leia mais Faça um comentário

Apreensão de mais de 500 animais silvestres em ônibus em Guarulhos

Dos 562 animais apreendidos na manhã do dia 19 pela Polícia Ambiental de Guarulhos (SP), 16 chegaram mortos ao Centro de Recuperação de Animais Silvestres (Cras) que fica no Parque Ecológico do Tietê – todos foram esmagados dentro das caixas de papelão onde foram escondidos. Os animais vieram da Bahia e seriam vendidos em mercado clandestino. Três pessoas foram detidas e liberadas em seguida. Vão responder por maus-tratos e por manter os animais silvestres em cativeiros.

Foram apreendidos 427 jabutis, 87 iguanas, 21 saguis, 2 falcões, 2 corujas e 23 pássaros de várias espécies. As imagens impressionam quem não está acostumado a ver apreensão de animais silvestres. Muitos pássaros estavam sem penas, as duas corujas filhotes estavam muito assustadas na gaiola e um dos dois falcões apreendidos fugia ao menor sinal de aproximação. Os animais que sobreviveram foram alimentados, beberam água, alguns com dificuldade como os pássaros que não estão...

Publicação: 15/08/2019 17:37:53 - Leia mais Faça um comentário

Extinção de plantas atinge nível 'assustador' , alertam cientistas

O Brasil é uma das nações mais afetadas pelo fenômeno de conseqüências devastadoras para a biodiversidade, segundo estudo divulgado no dia 24 de maio pela revista científica "Nature" alerta para o ritmo desenfreado de extinções de espécies de plantas no planeta.

O relatório, o primeiro realizado em escala global, calcula que 571 espécies desapareceram desde 1750. Cientistas que participaram do trabalho afirmam que a estimativa é assustadora e pode estar muito abaixo da realidade, já que alguns países não foram estudados minuciosamente.

O Brasil está entre os protagonistas do problema, causado em grande parte pela atividade humana sem metas sustentáveis.

A derrubada de florestas e o uso de grandes porções de terra pelo agro-negócio são apontados como as principais causas das extinções. Há, ainda, milhares de espécies de plantas impossibilitadas de se reproduzirem, seja pela extinção de animais que ajudavam a espalhar sementes ou pela...

Publicação: 08/08/2019 16:31:46 - Leia mais Faça um comentário

Mudança climática pode acabar com a humanidade até 2050

Uma nova análise da mudança climática feita por um grupo australiano nos trouxe uma péssima notícia: a civilização humana pode entrar em colapso até 2050 se ações sérias de mitigação não forem tomadas na próxima década.

O relatório, publicado pela organização Breakthrough National Centre for Climate Restoration, é de autoria do próprio diretor da organização, o pesquisador do clima David Spratt, e de Ian Dunlop, ex-executivo da indústria do combustível fóssil.

O documento conclui que a mudança climática é “um risco de segurança” que “ameaça a extinção prematura da vida inteligente” ou a “permanente e drástica destruição de seu potencial para o desenvolvimento de um futuro desejável”.

É mais complexo do que pensávamos. A tese central do relatório é que os cientistas estão muito restritos em suas previsões de como a mudança climática afetará o planeta no futuro próximo. A atual crise climática seria...

Publicação: 01/08/2019 19:59:51 - Leia mais Faça um comentário

Páginas:

12345678