Jornal Simpatia de Caçapava e Região

Rua José Germano, 430 - Residencial Esperança, Caçapava - SP. CEP: 12.285-460

Chacoalhando o Bambuzal

O fetiche pela maledicência

Entre os fenômenos sociais mais disseminados no mundo estão a fofoca e a maledicência ou seja: Atos de especular, inventar e divulgar, sem confirmação de veracidade, sem consentimento, e com a intenção de ofender e destruir reputação, fatos, boatos e mentiras sobre a vida de outra pessoa.

A epidemia de rumores, normalmente disseminado, por pessoas sem caráter e de moral duvidosa parece não ter fim. Ela acontece no ambiente de trabalho, na escola, entre vizinhos, amigos, na família, na igreja e principalmente na mídia de baixa qualidade. Não faz distinção de lugar, a única condição é que o alvo da fofoca ou da maledicência, não tenha condição de se defender.

A maledicência apresenta algumas frentes a serem analisadas: a inveja, a falta de educação e principalmente, muito usada pelos maledicentes da imprensa, a extorsão e intimidação.

O indivíduo que gosta de...

Publicação: 06/12/2018 18:41:58 - Leia mais Faça um comentário

A pessoa errada fazendo o certo, e a certa, fazendo errado

Quando você vê a pessoa certa fazendo a coisa errada, qual a sua reação? E a pessoa errada fazendo a coisa certa?

As culturas latinas em geral e brasileira em particular são carregadas de emoção, onde o culto às personalidades se destacam. Por incrível que pareça, nas respostas às perguntas acima, o brasileiro médio tenderia a colocar a pessoa como fator de avaliação, em detrimento de sua ação.

Em outras palavras, se você nutre uma simpatia por alguém, é provável que esse sentimento interfira na sua avaliação qualitativa sobre as atitudes dessa pessoa, podendo inclusive perdoar seus desvios de conduta. O contrário também é verdadeiro: não gostar de alguém é um catalisador de reprovações, independente das boas intenções ou da efetividade de suas ações.

Quando a razão prevalece, as pessoas perdem importância. A predominância é do senso sobre a atitude. Ou...

Publicação: 29/11/2018 21:30:00 - Leia mais Faça um comentário

Rádio - Veículo de comunicação e cultura - Menos em Caçapava

Todo mundo tem direito a cometer gafes e falar besteiras de vez em quando, e, que atire a primeira pedra quem nunca as cometeu ou falou alguma coisa imprópria. Mas, tê-las como marca registrada e ainda se gabar delas, é só pra boçais. E é o que acontece com o radialista Cesar Nascimento na rádio de sua propriedade. Chega a dar vergonha, aquela vergonha alheia, quando ele começa a falar.

Dizia Roquette Pinto: "O rádio é a escola dos que não têm escola. É o jornal de quem não sabe ler; é o mestre de quem não pode ir à escola; é o divertimento gratuito do pobre; é o animador de novas esperanças, o consolador dos enfermos e o guia dos sãos - desde que o realizem com espírito altruísta e elevado”.

Caçapava segue na contramão do que pregava o patrono da radiodifusão brasileira, que avaliava a funcionalidade de mídias como o rádio e o cinema de retirar parcelas...

Publicação: 22/11/2018 22:30:31 - Leia mais Faça um comentário

O Analfabetismo e a ignorância fazem muito mal à Caçapava

São duas as formas de analfabetismo. Há o analfabetismo absoluto e o analfabetismo funcional. O primeiro refere-se àquelas pessoas que não tiveram acesso à educação, nunca frequentaram uma escola.

O segundo é o analfabetismo funcional, que segundo a Wikipédia: “é a incapacidade que uma pessoa demonstra em não compreender textos simples. Tais pessoas, mesmo capacitadas a decodificar minimamente as letras, geralmente frases, sentenças, textos curtos e os números, não desenvolvem habilidade de interpretação de textos e de fazer operações matemáticas. Também é definido como analfabeto funcional o indivíduo maior de quinze anos possuidor de escolaridade inferior a quatro anos letivos, embora essa definição não seja muito precisa, já que existem analfabetos funcionais detentores de nível superior”.

No Brasil, há aproximadamente 14 milhões de analfabetos absolutos e um...

Publicação: 14/11/2018 22:35:58 - Leia mais Faça um comentário

O cinismo na política caçapavense

O principal trunfo do cinismo é deixar-nos espantados e desarmados. A vida em sociedade exige algo como um princípio de credulidade, uma confiança espontânea nos outros.

Os tempos andam insalubres. Parece que vivemos num mundo onde tudo é suspeito, logro, perigo, dissimulação, nada é nítido. A atmosfera é de má-fé. É uma atmosfera fértil aos cínicos.

O cínico mente com a perfeita consciência de que está mentindo e nem por um instante acredita no que diz. Se a má-fé pode proteger da argumentação racional e da persuasão comum, o cinismo é mil vezes mais eficaz. Cria uma espécie de invulnerabilidade.

Sem paradoxo algum, o cínico pode proclamar grandes ideais. Não acredita nelas por um só instante, é claro, mas isso obviamente não o perturba. O grau de comprometimento do cínico com as suas ideias é nulo. O que, diga-se de passagem, lhe é extremamente útil. A maior parte das pessoas vive as suas ideias com algum comprometimento. E essa...

Publicação: 08/11/2018 16:53:00 - Leia mais Faça um comentário

Só para lembrar...

E o futuro do Brasil? Em todas as camadas sociais, o futuro do Brasil agoniza nas mãos do Estado, dos bandidos diplomados, dos sem diplomas e principalmente dos políticos ignorantes. A sociedade brasileira assiste a tudo, sem remorso de suas escolhas, apenas achando pavoroso o triste espetáculo.

Vencido, diariamente, por essa realidade que acerta todos os dias, impiedosamente, uma “bala perdida” bem no meio da esperança, o cidadão comum continua escolhendo o pior. Até quando, não sei! Sei apenas que tudo isso é o produto final de um país que vive sob a vigência da total falta de valores. Com a omissão e aprovação da maioria da sociedade, mentir e enganar são sentidos de vida, aceitamos o político fanfarrão como aceitamos o político ladrão, para desespero dos poucos que querem consertar o país.

Na mídia, assistimos, lemos e ouvimos diariamente, notícias que propagam o ódio....

Publicação: 31/10/2018 23:35:54 - Leia mais Faça um comentário

Uma primeira dama impávida

A campanha contra o prefeito de Caçapava promovido pela Rádio Capital continua a todo vapor. Dois covardes e desrespeitosos radialistas passam duas horas e meia, mais ou menos, e de segunda a sexta vociferando asneiras contra o prefeito, e agora também, contra os vereadores que, eleitos pelo povo caçapavense para julgar casos como este, não concordaram com as acusações urdidas pela rádio e por alguns vereadores ligados ao ex-prefeito Henrique Rinco. Esses vereadores que deram voto contrário, são caçapavenses experientes, e sabem que a origem dessas acusações é absolutamente duvidosa e o interesse é o de sempre, extorsão política.

Nesta terça-feira (23) a dupla de covardes e desrespeitosos radialistas resolveram atacar a primeira dama de Caçapava e como sempre, com palavras fora do contexto e cheias de grosserias.

Mulher intrépida e principalmente, de boa formação cultural,...

Publicação: 25/10/2018 14:09:25 - Leia mais Faça um comentário

Páginas:

12