Jornal Simpatia de Caçapava e Região

Rua José Germano, 430 - Residencial Esperança, Caçapava - SP. CEP: 12.285-460

Conheça as principais complicações das varizes

De acordo com o portal do médico Drauzio Varella, varizes são veias dilatadas e deformadas, de coloração púrpuro-azulada, que surgem ao longo das pernas e podem causar dor e inchaço. Sua ocorrência é mais comum em pessoas que necessitam ficar em pé por longos períodos. Elas afetam aproximadamente 15% da população adulta mundial e a incidência é maior em mulheres, por causa de fatores hormonais.

É uma doença hereditária, mas com alguns fatores desencadeantes que favorecem o surgimento. Entre eles estão gestação, obesidade, falta de atividade física, ficar por muito tempo em pé ou sentado por um longo período de tempo, como durante o trabalho, e utilização de alguns medicamentos, tais como anticoncepcionais orais.

Se você sente muitas dores nas pernas e percebe que a marca da meia fica constantemente na pele, esse é um sinal de inchaço. Se as dores se prolongarem por muito tempo, procure um médico imediatamente. Muitas complicações das varizes são decorrente de uma negligência dos indivíduos com a doença. Quanto antes você tratá-las, menos riscos você tem de ter outras complicações.

Algumas das principais complicações são tromboflebite superficial (inflamação das veias), varicorragia (sangramento pelas veias varicosas), hiperpigmentação (manchas escuras da pele), eczema (alergia com prurido da pele) e úlceras (feridas na pele). Essas complicações ultrapassam os problemas e dores com as pernas, como é o caso da trombose. Em casos mais raros, a falta de cuidado pode provocar embolia pulmonar, com o surgimento de tosse, dor no peito e falta inesperada de respiração.

O diagnóstico é feito com um simples exame clínico. Com ele, o médico consegue identificar as veias varicosas e determinar a gravidade da doença. Os tratamentos podem ser clínicos ou cirúrgicos. O uso de medicamentos é paliativo, aliviando o peso e o inchaço, mas não tem efeito curativo.

O tratamento clínico inclui os remédios, mas também outras medidas, como evitar longos períodos em pé ou sentado, redução de peso e atividades aeróbicas regulares. Outro método utilizado para aliviar os sintomas é o uso de meias elásticas de compressão, como as meias Kendall, que comprimem as veias insuficientes, retirando o excesso de sangue do seu interior. O uso, no entanto, deve ser recomendado por um médico. Fonte: agoravale.com.br

Ao procurar ajuda profissional, consulte médicos angiologistas e cirurgiões vasculares.


Categoria: Caçapava | Publicado ás: 11/04/2019 19:11:11

Comentários